RPet Carioca se derrete pela cachorra que é tutor, Migalha: 'É um elemento essencial para casa'

Carioca se derrete pela cachorra que é tutor, Migalha: 'É um elemento essencial para casa'

'Ela é muito ciumenta', diz o humorista em entrevista exclusiva ao RPet sobre sua cadela

  • RPet | André Barbeiro*, do R7

Carioca e Migalha

Carioca e Migalha

Reprodução/Instagram

"Uma pessoa não muito sociável." É assim que Márvio Lúcio, mais conhecido como Carioca, chama sua cadela Migalha. Ele, que é famoso por seus trabalhos como repórter e humorista da Record TV, deixa claro o carinho e o amor que tem pelos animais com suas publicações nas redes sociais, onde compartilha momentos de brincadeira, lazer e afeto com a sua cachorra.

"A Migalha surgiu na minha vida na Copa de 2014, por causa da minha mulher e dos meus filhos. Eu estava um pouco reticente de ter cachorro dentro de apartamento, até pela qualidade de vida do animalzinho. Mas como foi o chihuahua... Cheguei de um jogo, estava trabalhando, do nada eu falei: 'Cadê o cachorro?' Minha mulher: 'Tá no seu pé'. Era um filhote de chihuahua. Eu falei: 'Gente, mas isso não é um cachorro, é uma migalha'. E acabou virando o nome", explica ao RPet, em entrevista exclusiva.

·         Compartilhe esta notícia no WhatsApp

·         Compartilhe esta notícia no Telegram

O humorista ainda comenta que não está nos seus planos adotar um novo bicho. "Ela é muito ciumenta. Acho que se nós adotássemos outro cãozinho, ela iria murchar. A Migalha já está com 8 anos, então, deixa ela ficar com a gente, que tá legal assim", diz.

Nervosa e amorosa

Carioca conta que os perrengues com sua cachorra são constantes por conta de seu temperamento. "A Migalha é uma cadelinha que ataca todo mundo. Ela é da confusão. Qualquer cachorro que visita, qualquer prestador de serviço que vem em casa, ela vai para cima. É muito temperamental, o amor é proporcional ao ódio", se diverte.

"A gente brinca que ela é nervosa, amorosa e sistemática. Mas é um barato. É uma raça que eu recomendo para todas as pessoas. Parece gente, não parece bicho", relata.

O humorista diz que Migalha não aceita ser a segunda cumprimentada da casa. "Quando chego em casa, ela grita. Muito engraçado. Ninguém pode falar com quem chega, a não ser com ela em primeiro lugar. Se eu chego e abraço meu filho, ela fica gritando até pegá-la no colo, dá um beijinho e tal, aí, ela sossega. Enquanto você não dá 'oi', ela não para", diz.

Carioca nunca levou a cachorra para o ambiente de trabalho. "A Migalha não é uma pessoa muito sociável", afirma, entre risos, sobre o temperamento da cadela.

Até namorado Migalha tem

Migalha e o namorado, Moisés

Migalha e o namorado, Moisés

Reprodução/Instagram

Carioca compartilha que Migalha está melhor que muita gente por aí, até namorado ela tem. O humorista fala que quando vai viajar a deixa com o 'cãopanheiro', o cachorro Moisés, porque não se sente seguro de levá-la para as férias. 

"Fico com medo de ela fugir, então, eu não a levo muito, não. Ela fica na casa do namorado, que é o Moisés. Acredita que ela tem um namorado? Infelizmente, ela não conseguiu ter cria, porque teve um probleminha no útero e teve que retirá-lo, mas Moisés é um dos poucos cachorros que aceita e adora", detalha.

Ana Hickmann, Paula Fernandes, Gottino e mais: famosos que são apaixonados por animais

*Sob a supervisão de Thaís Sant'Anna

Últimas