RPet Doação de sangue de cães pode salvar vidas; saiba como e onde levar seu pet para a ação

Doação de sangue de cães pode salvar vidas; saiba como e onde levar seu pet para a ação

O Dia Nacional do Doador de Sangue é celebrado neste sábado, 25 de novembro, e a data também é importante para os animais

  • RPet | Do R7

Cachorros também devem doar sangue

Cachorros também devem doar sangue

Freepik

O Dia Nacional do Doador de Sangue é celebrado neste sábado, 25 de novembro, com o objetivo de aumentar o número de doadores, sensibilizando-os e conscientizando-os da importância do gesto. No mundo pet não é muito diferente. Assim como acontece com os humanos, o ato pode salvar vidas de cachorros em diversas situações e também deve ser incentivado.

Ao RP​et, Simone Gonçalves, veterinária especializada em hematologia e hemoterapia do Pet Care, cita alguns casos. "Acidentes, cirurgias, doenças autoimunes e infecções que causam anemia. A doença do carrapato é um exemplo. Quando descoberta tardiamente, a maioria dos cães acaba precisando de transfusão de sangue", ensina.

Para estimular as doações de sangue canino, o hospital AmarVet's vai realizar neste sábado a campanha Patinha Vermelha, com o apoio do Sanimvet, banco de sangue veterinário. Os tutores devem comparecer ao local no horário agendado acompanhados dos pets, que passarão por uma triagem — veja abaixo o endereço.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

“Antes de iniciar o processo de doação, os cães são submetidos ao exame físico, e uma
amostra de sangue é coletada para o exame de triagem, no qual é verificado o hematócrito e a proteína plasmática. Se tudo estiver dentro dos parâmetros de normalidade, a coleta é realizada. Os cães heróis também recebem exames laboratoriais num prazo de até 30 dias. Os pets doadores receberão suplementos e outros brindes que ajudarão em seu bem-estar após a doação”, explica Natália Gouvêa, médica veterinária e CEO do AmarVet's.

Critérios para um cão doar sangue

Segundo a campanha do hospital AmarVet's, o cão, para ser um doador, precisa preencher alguns requisitos, como ter entre 1 e 8 anos, pesar pelo menos 25 kg e estar clinicamente saudável. Além disso, deve ter realizado controle de pulgas e carrapatos, vermifugação, estar com a vacinação em dia, não ter passado por procedimento cirúrgico recente (últimos 20 dias), e as fêmeas não podem estar gestantes.  

É importante ressaltar que não há necessidade de sedação. Simone ainda garante que o processo é seguro para os bichos. "Antes de doarem sangue, os pets passam por uma avaliação criteriosa. Além de serem examinados, fazem alguns exames para garantir que estão bem e aptos para serem doadores. A doação de sangue em animais é indolor, dura apenas cinco minutos e não causa nenhum prejuízo à saúde do animal", esclarece.

Serviço:
Campanha Patinha Vermelha
Sábado, 25 de novembro
Avenida Indianópolis, 962, Moema, São Paulo
das 10h às 17h

Veja também: Veterinária salva animais que perderam partes do corpo com próteses de bicos e rodinhas

Últimas