RPet Saiba por que gatos vivem mais tempo do que cachorros

Saiba por que gatos vivem mais tempo do que cachorros

Felinos vivem, em média, entre quinze e vinte anos, enquanto a expectativa de vida dos cães é muito mais curta

  • RPet | Do R7

Gatos e cachorros têm estilos de vida diferentes

Gatos e cachorros têm estilos de vida diferentes

Imagem de Freepik

Gatos e cachorros já são os melhores amigos do homem faz tempo. Com o passar dos anos, porém, o laço entre humano e animal se estreitou tanto que os pets passaram a fazer parte da família. Uma das coisas que assombram os tutores é saber que os animaizinhos não duram para sempre. Entretanto, observou-se que os gatos, ainda que recebam o mesmo cuidado dado aos cães, costumam viver mais do que estes. Mas por quê?

Segundo o site cats.com, um gato vive, em média, entre quinze e vinte anos, enquanto a expectativa de vida dos cachorros é muito mais curta, geralmente em torno de dez a doze anos.

Porém, alguns animais vivem mais do que a média. Ainda de acordo com o site, o gato mais velho registrado viveu até os impressionantes 38 anos, enquanto um cachorro chegou aos 31 anos.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Mas, mesmo com uma diferença não tão grande de anos, o que faz com que os gatos vivam mais?

VIDA SOLITÁRIA

Gatos tendem a ser autossuficientes e a viver sozinhos, e isso ajuda a reduzir a exposição a doenças infecciosas que poderiam encurtar ou encerrar a vida deles.

Já cachorros são animais de matilha, então têm mais probabilidade de ser expostos a doenças infecciosas e a espalhá-las entre o grupo.

GATOS SE DEFENDEM MELHOR

Os felinos têm garras e dentes mais afiados que os dos cães para se defender contra predadores, além de superagilidade, flexibilidade e aceleração. Essas características dão a eles vantagem sobre os concorrentes.

INGESTÃO DE CALORIAS

Características fazem com que felinos sobrevivam mais

Características fazem com que felinos sobrevivam mais

Imagem de Freepik

Os gatos podem sobreviver com menos calorias em comparação com os cachorros. Como vivem sozinhos, geralmente só precisam pensar em se alimentar, ao passo que os cachorros normalmente vivem em grupo e precisam compartilhar qualquer alimento que encontrem.

Os gatos também são muito eficientes em conservar água, podendo sobreviver mesmo quando as fontes de água fresca são escassas. No entanto, os gatos têm uma ligeira desvantagem em relação aos cachorros.

Um gato é um carnívoro obrigatório, ou seja, precisa das proteínas da carne para sobreviver. Um cachorro é onívoro, então pode se alimentar de uma mistura de carne e substâncias vegetais para se sustentar quando a comida é escassa.

REPRODUÇÃO SELETIVA

É muito comum a mistura de raças para desenvolver um tipo novo de cachorro, por exemplo.  O problema é que nem todas essas raças são saudáveis. Muitas vezes características físicas específicas são selecionadas em detrimento da saúde. Por outro lado, quando o assunto são gatos, a prática não é tão usual.

Infelizmente, algumas raças têm problemas de saúde graves — como os pugs e buldogues, que têm a cara achatada — que afetam significativamente sua expectativa de vida, mesmo em comparação com outras raças de cães.

Gatos também foram afetados pela seleção artificial, como as raças persa e ragdoll. Mas os felinos são menos abalados por problemas de saúde.

Veja também: Além de cachorros, Ana Hickmann é tutora de mais de 150 animais de outras espécies; conheça

Últimas